América do Sul Brasil São Paulo

Carnaval no Parque da Mônica em São Paulo

Por em junho 27, 2017

 Decidimos que o carnaval de 2017 seria diferente. Então, deixamos o agito de lado e fomos para São Paulo visitar uns amigos; e para agradar a mascotinha incluimos alguns bailinhos e o Parque da Mônica.

Nossa mascotinha tinha quase 2 anos completos e já conhecia o personagem Mônica, pois assim que nasceu ganhou uma boneca do vovô e desde então, sempre falávamos da Mônica, cantávamos as músicas do desenho e, às vezes, mostrávamos os personagens em revistinhas. Por isso, mesmo que ela ainda não fosse uma fã da dentuça mais famosa e seu coelho, os personagens não eram totalmente desconhecidos a ela , então achamos que valia a pena levá-la. Por outro lado, a mamãe aqui foi criada lendo os gibis e assistindo a filmes e desenhos dessa turminha, então também estava bem empolgada querendo conhecer o parque.

Muitos alegam que não vale a pena, devido ao valor do ingresso para o que o parque proporciona. Concordo que o valor é bem caro para as atrações do parque, no entanto, eu adorei e a mascotinha apesar do tamanho curtiu demais.

Conforme comentei, fomos no carnaval e o parque estava com uma programação toda especial para essa época, como concurso de fantasias, desfile e baile com bandinhas.

 

Isso valeu muito a pena. Haviam horários especificos para cada atração. Nós presenciamos o desfile com banda que foi muito legal, muitas crianças fantasiadas, penduradas nas corcundas dos pais só para ficarem um pouco mais próximos aos personagens: Mônica e Cebolinha ou Magali e Cascão que desfilavam fantasiados no estilo carros alegóricos, sem contar que isso tudo era ao som das marchinhas. Foi uma delícia! Muito diverdito!

Fora a programação especial em datas comemorativas, o parque possui as atrações tradicionais, disponíveis todos os dias, como pintura, foto com personagens e brincadeiras.

Achei o parque lindo! Muito bem decorado, limpo e os funcionários muito simpáticos e cordiais. Cada personagem possui seu espaço temático disposto no parque como se fosse réplica de uma vila, com direito a Quitanda da Magali, Quarto da Mônica, Quarto do Cebolinha, Piscina de bolas do Cascão e muito mais.

Além de toda área temática, ainda existem os brinquedos: roda gigante, carrossel, labirinto e tem até duas montanhas russsas, onde uma é um barquinho com uma pequena queda na água e a outra é considerada um pouco mais radical. Mas não vá esperando nada demais dos brinquedos, pois não chegam nem perto de montanhas russas do Beto Carreiro ou qualquer outro parque de diversão.

Todos os brinquedos possuem uma marcação de limite para entrar. Nossa mascotinha, pequetita, não tinha ainda 1,80m, então ficamos restritos a montanha russa, carrossel e ao labirinto. Mas, não pense que ela não se divertiu, pois tinha um parquinho com brinquedidos, estilo área baby, que ela se esbaldou. Sem falar na própria diversão que é passear pelo parque temático.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para recuperar toda energia gasta com tantas brincadeiras, dentro do parque tem pipoca, frutas, balas, água, sucos e um Mc Donald. Mas, como o Parque está localizado dentro do Shopping SP Market bem no meio da praça de alimentação, é possível sair para fazer um almoço mais saudável e retornar ao parque, desde que avise na saída para que os seguranças carimbem sua mão indicando que retornará.

Por falar em saída, é lá que está uma enorme loja de lembrancinhas com tanta, mas tanta opção de tudo que se possa imaginar, que você fica perdido e morrendo de vontade de comprar tudo. Algumas coisas são bem caras, mas é possível pesquisar e levar algo para se lembrar desse dia que com certeza terá sido muito divertido.

IMPORTANTE: O calendário de funcionamento do Parque da Mônica varia a cada semana. Antes de sair de casa, acesse http://parquedamonica.com.br/calendario para checar se o espaço estará aberto ao público.

TAGS
RELATED POSTS

DEIXAR COMENTÁRIO