Barra Grande

Já ouviram falar em Barra Grande?

Por em abril 26, 2011

E Península de Maraú? Pois é, um lugar que está sendo descoberto há pouco tempo e que vale muito a visita. Aliás, talvez seja melhor que continue esquecido no tempo, já que o diferencial desse pequeno vilarejo é exatamente esse, um lugar esquecido no tempo, onde as ruas são de barro, a dona da pousada é a dona do restaurante, onde todos se conhecem. Cidade com uma única praça, uma igrejinha rústica e muito sossego, cuja simplicidade impera, além do excelente atendimento dos restaurantes bem transados, que na sua maioria são administrados por paulistas, argentinos, curitibanos, espanhóis e muitos outros em busca da tranqüilidade.


Então se estiver em Itacaré, vale à pena dar uma esticada e conhecer Barra Grande que fica na Península de Maraú, inclusive existem vários passeios de um dia que podem ser contratados em Itacaré, mas meu ponto de vista é que vale a pena gastar uns dois dias nesse vilarejo para que possam desfrutar de tanta tranqüilidade.


Em Barra Grande existem várias pousadas lindas e aconchegantes, procure ficar próximo ao centro, onde está a maioria dos restaurantes e existe um pouco mais de movimento a noite. Indico a pousada que ficamos, Pousada das Roseiras, bem localizada, quartos arejados, limpos, bom café da manhã e o atendimento excelente.

Importante mencionar que Península de Maraú engloba Barra Grande, Taipu de Fora, Cassage entre outras praias, portanto, Maraú não tem nada e não vale a pena visitar, pois é uma vila de pescadores, de difícil acesso por carro, com ruas estreitas e casas antigas e que fica longe das praias e dos turistas. Prefira se hospedar em Barra Grande que é um vilarejo com clima de tranqüilidade bem diferente dos agito de centros turísticos mais famosos. Adicionalmente, em Barra Grande estão os bares, restaurantes, o deck aonde chega às embarcações vindas de Camamu, além de ser o ponto de partida de diversos transportes para as praias Taipu de Fora, Cassage e outras.

Para se chegar nesse vilarejo rústico existem duas formas. A mais recomendada é ir até Camamu pela BA001, sendo 50 Km asfaltados partindo de Itacaré. No porto de Camamu é possível deixar o carro em estacionamento e pegar uma das duas opções de transporte para Barra Grande: barco comum e lancha rápida. O Barco comum custa R$ 6 e possui duração de 1h 30 minutos e a lancha rápida custa R$ 25,00 com duração de 30 minutos. O horário de funcionamento é das seis da manhã até as cinco da tarde. O local de embarque em Camamu fica na Ponte Grande, próximo ao Mercado de Artesanato.


A outra opção é ir de carro, cujo acesso é através da BR-030 que é uma estrada de terra de mais de 50 km que leva até a vila de Campinho, porém, a estrada de terra pode se tornar impraticável para carros comuns se houver longos períodos de chuvas.


Como consultamos a previsão e as condições da estrada e não havia previsão de chuvas, decidimos ir de carro por achar que iríamos precisar deste para nos locomover no vilarejo, o que foi um engano, não usamos carro para nada a não ser passar perrengue. Já que a estrada é péssima, com muitos buracos e lombadas de terra, onde o fundo sempre arrastava e para nossa sorte no primeiro dia caiu um dilúvio para empossar os acessos e dificultar a passagem com o carro. Portanto, não pensem duas vezes façam o trajeto por Camamu e esqueçam a preocupação com o carro. Já que carro realmente não é necessário e o trajeto para as praias mais distantes pode ser realizado por jardineiras, taxis, moto-taxis ou até mesmo jipes.

TAGS
RELATED POSTS
1 Comentário
  1. Responder

    Thalita Dias Braga

    janeiro 5, 2013

    Boa tarde Ale!
    Sou carioca tbm e estou pesquisando para fazer uma viagem à Itacaré e Barra Grande. Vi que vc deu muitas dicas por aqui, ainda não consegui ler todas, mas será que poderiamos nos falar por email? Meu maido prefere pacote de turismo, mas eu acho que ficaremos muito presos à agência. O que vc acha? O único problema é a passagem aérea, pois do RJ não sai avião direto para Ilhés, todos fazem escala em SP e teremos que esperar pelo menos 2 horas. Aguardo ansiosamente seu contato e já vou começar a ler demais posts. Ahh minha viagem deverá acontecer em julho/2013. Já até achei uma pousada no Booking em Itacaré, chama-se Burindanga. Parece ser muito lindinha e aconchegante, fica na Paia da conchas. Ainda não pesquisei pousadas em Barra Grande, pois não sei se é melhor ir à Itacaré primeiro ou ir à Barra Grande. Muito obrigada pela atenção! Meu email: thalitakld@yahoo.com.br

DEIXAR COMENTÁRIO

Alessandra Mendonca

Para onde vamos?
Instagram
  • Parabéns Vitoria pelos 466 anos!!! Um destino que nunca imaginei que frequentaria tanto e não tem nenhum post no site sobre ☹️ #vaientrarnafila!!!!
  • Um #tbt atrasado!!! Ainda no clima de #cancun !! Essa foto e do Parque Xel-Ha, excelente lugar para passar o dia se esbaldando na piscina de correnteza, pegando Sol, descansando nessas redes maravilhosas que após o almoço ficam concorridas ou até mesmo aproveitando alguma das atrações do parwur que são pagar a parte, como nadar com golfinhos, arraia e outros. A tarifa desse parwur inclui comida e bebida o dia todo e esse é o único que possui bebida alcoólica inclusa. Mas cuidado se estiver de carro porque fomos parados diversas vezes pela guarda mexicana, então nem pensem em arriscar Beber e dirigir! #valeapena!!
  • Porque o dia de hoje merece um #tbt diretamente da Play del Carmem! Viagem maravilhosa com amigos! Fizemos essa viagem com um casal de amigos muito queridos e fomos primeiro para Miami, onde ficamos por 2 dias e depois pegamos um voo para Cancun. Lá dividimos a viagem em 3 dias em Cancun e quatro dias em Playa del Carmen. Fizemos essa divisão pensando na logística dos passeios e foi Ótimo, pois alguns eram bem mais próximos de Playa e mesmo com carro alugado eu recomendo dividir a viagem entre essas duas cidades. Depois de curtir muito retornamos para Miami, onde ficamos mais uma noite para dar aquela ultima passeada nos outlet e voltamos para o Brasil!  Todas as dicas e logística dessa nossa viagem estão lá no site! Passem lá para dar uma olhada! ⛱🏖🏝
  • O nome do restaurante do post anterior e Thalassa!!! Falei tanto da comida que acabei esquecendo de falar do nome do restaurante e para ficar mais charmoso ainda o nome da rua que fica o restaurante e Rua da Grécia! Realmente vale a pena conhecer!
  • Excelente pedida para quem é de Vitória, restaurante Grego, localizado na sociedade helênica. O lugar é lindo, todo branquinho com portas e janelas azuis, seguindo o estilo da Grécia. A melhor parte é ao ar livre, onde tem mesas no estilo de banquinhos bem rústico. Sem duvida para o passeio se tornar mais romântico, escolha um dia de Sol ao final da tarde para assistir ao por do sol. O atendimento é ótimo e a comida e maravilhosa! Para entrada pedimos cogumelos assados com ervas e um suco especial com saudações gregas :Yamas. Para prato principal o marido foi de moussaka e eu de Youvetsi,
Ambos deliciosos super bem feitos e saborosos, armonizando com vinho branco Grego. Para fechar com chave de ouro escolhemos a sobremesa de bolinhos de chuva com calda de@canela e mel.
  • Quem mais é fã do Maurício de Souza??? Quem mais cresceu lendo gibi da turminha da Mônica??? E quem usa os filhos como desculpa para conhecer certos lugares e tirar foto com personagens???? 🙋🙋 😂
FACEBOOK
Membro RBBV
ACOMPANHE