América do Sul Lima Peru

Lima: Centro Histórico

Por em junho 9, 2009

Nosso segundo dia em Lima, fomos visitar o Centro Histórico, mas antes paramos no bairro de Barrancos, que fica no meio do caminho entre Miraflores e o Centro. O Bairro Barrancos é bem simpático, com sua Praça de Armas, assim como, todos os Bairros do Peru e com a famosa ponte dos suspiros. Segundo dizem a tarde ficam cantores e vendedores de flores, mas como fomos de manhã cedo estava tudo muito deserto, mesmo assim gostei do local.

Ponte dos Suspiros

Ainda em Barrancos, existem vários restaurantes e bares, os quais são super concorridos a noite. Voltamos a noite deste mesmo dia para experimenta o bar Trapiche. Um lugar bem pequeno, rústico e temático, cujo carro chefe são as cachaças que ficam amostra em prateleiras, basta escolhe aquela que deseja beber e pedir. existe até a opção de misturar os sabores e o que não irá faltar serão as possibilidades.


Bom, voltando ao centro histórico, ao chegarmos avistamos a Plaza Mayor ou Plaza de Armas, que é o coração do centro histórico. Uma Plaza ampla, muito movimentada, cheia de árvores e alguns canteiros floridos. Além do tumulto normal estava ocorrendo um festival e sabe o que eles estavam comemorando? O dia internacional da batata!!! Nem sabia que existia um dia para batata, mas no Peru, visto que a batata foi originada ali, a maioria dos pratos típicos levam batatas e acreditem são mais de 50 tipos de batatas.



Devido a essa festa, a praça estava super movimentada com dançarinos típicos do Peru e também com distribuição de petiscos de batatas de graça. Aproveitamos e experimentamos algumas opções bem interessante, mas o que mais gostamos foi o petisco chamado Calza, um enrolado de frango com maionese, cuja massa é tipo um purê de batata. Digamos que a aparência não é apetitosa, mas é uma delicia. Inclusive existem de vários recheios: frango, carne, peixe, entre outros.

Fila para ganhar o aperitivo de batata
Calza, mas esse nós experimentamos no restaurante.


Depois de toda farra da batata, passeamos pela Plaza de Armas, onde ao seu redor estão Palácio do Governo, Palácio Municipal e a Catedral.

Palácio Municipal
Palácio do Governo
Catedral
Como a Plaza de Armas estava lotada de dançarinos e músicos típicos, várias pessoas se aproveitaram (incluindo nós) para tirar foto eles, já que em Lima, é possível tirar fotos com os dançarinos sem que estes fiquem pedindo propina (comissão); ao contrário de Cusco que era só apontar a máquina que as mulheres que já vinham quase que metendo a mão dentro da bolsa para pegar dinheiro e quando não dávamos, elas ameaçavam jogavam pedras, além de te xingar bastante.

Próximo a Plaza de Armas está o Monastério de São Francisco, um passeio que recomendo bastante. Neste Monastério está o museu das catacumbas e custa SL 5,00 uma visita guiada contando a história de São Francisco e de como ele vivia naquela época. Infelizmente não era possível tirar fotos lá dentro do museu, mas consegui roubar uma das catacumbas.

 

 
 
 

 




Além do Monastério, existem outros museus como o La Nacion que não valeu a visita, pois o museu é bem pobre e contava a histórica dos pré-colombianos quando esperava algo sobre os incas. Visitamos também o porto de Lima, Callao, perto do aeroporto, muito longe e não tem absolutamente nada de interessante para se fazer por lá, então, nem percam tempo. 

Caso estejam interessados em alguns outros passeios turísticos, no Parque Kenedy existe um posto turístico com alguns passeios interessantes, inclusive um para uma ilha Islã (se não me engano), onde vivem os leões marinhos e, é possível, fazer um passeio de barco e nadar com esses animais. 

 
O ponto alto de Lima é sem dúvida o Parque das Águas, portanto, reserve uma noite para conhece-lo. A entrada custa SL 4,00 e lá dentro tem várias fontes de águas luminosas. Esse parque fica aberto das 18:00h as 23:00h, mas é interessante chegar umas 20:00h quando tem um espetáculo de uma das maiores fontes.


O mais divertido era uma fonte, a qual é possível entrar e tentar fugir dos jatos d´águas, porém todos saem molhados de lá.
 
Esse é uma parte do show de uma das fontes. Achei esse parque imperdível, muito legal mesmo!
 
TAGS
RELATED POSTS

DEIXAR COMENTÁRIO

Alessandra Mendonca

Para onde vamos?
Instagram
  • Um #tbt atrasado!!! Ainda no clima de #cancun !! Essa foto e do Parque Xel-Ha, excelente lugar para passar o dia se esbaldando na piscina de correnteza, pegando Sol, descansando nessas redes maravilhosas que após o almoço ficam concorridas ou até mesmo aproveitando alguma das atrações do parwur que são pagar a parte, como nadar com golfinhos, arraia e outros. A tarifa desse parwur inclui comida e bebida o dia todo e esse é o único que possui bebida alcoólica inclusa. Mas cuidado se estiver de carro porque fomos parados diversas vezes pela guarda mexicana, então nem pensem em arriscar Beber e dirigir! #valeapena!!
  • Porque o dia de hoje merece um #tbt diretamente da Play del Carmem! Viagem maravilhosa com amigos! Fizemos essa viagem com um casal de amigos muito queridos e fomos primeiro para Miami, onde ficamos por 2 dias e depois pegamos um voo para Cancun. Lá dividimos a viagem em 3 dias em Cancun e quatro dias em Playa del Carmen. Fizemos essa divisão pensando na logística dos passeios e foi Ótimo, pois alguns eram bem mais próximos de Playa e mesmo com carro alugado eu recomendo dividir a viagem entre essas duas cidades. Depois de curtir muito retornamos para Miami, onde ficamos mais uma noite para dar aquela ultima passeada nos outlet e voltamos para o Brasil!  Todas as dicas e logística dessa nossa viagem estão lá no site! Passem lá para dar uma olhada! ⛱🏖🏝
  • O nome do restaurante do post anterior e Thalassa!!! Falei tanto da comida que acabei esquecendo de falar do nome do restaurante e para ficar mais charmoso ainda o nome da rua que fica o restaurante e Rua da Grécia! Realmente vale a pena conhecer!
  • Excelente pedida para quem é de Vitória, restaurante Grego, localizado na sociedade helênica. O lugar é lindo, todo branquinho com portas e janelas azuis, seguindo o estilo da Grécia. A melhor parte é ao ar livre, onde tem mesas no estilo de banquinhos bem rústico. Sem duvida para o passeio se tornar mais romântico, escolha um dia de Sol ao final da tarde para assistir ao por do sol. O atendimento é ótimo e a comida e maravilhosa! Para entrada pedimos cogumelos assados com ervas e um suco especial com saudações gregas :Yamas. Para prato principal o marido foi de moussaka e eu de Youvetsi,
Ambos deliciosos super bem feitos e saborosos, armonizando com vinho branco Grego. Para fechar com chave de ouro escolhemos a sobremesa de bolinhos de chuva com calda de@canela e mel.
  • Quem mais é fã do Maurício de Souza??? Quem mais cresceu lendo gibi da turminha da Mônica??? E quem usa os filhos como desculpa para conhecer certos lugares e tirar foto com personagens???? 🙋🙋 😂
  • E finalmente depois de quase 2 anos consegui relatar todas nossas dicas de ARUBA!!! Que saudade!!! Em tempos que os preços das passagens estão abusivas nos resta relembrar viagens maravilhosas!!!!
FACEBOOK
Membro RBBV
ACOMPANHE