América do Sul Cusco Peru

O vilarejo de Águas Calientes

Por em junho 25, 2009

A viagem até Águas Calientes durou aproximadamente 2h, o problema foi que como a pão durisse estava enorme, compramos o trem backpackers, devido ao preço e hoje nos arrependemos muito, pois o desconforto foi enorme. As poltronas não recostavam e o espaço entre as cadeiras era mínimo, sem contar que o trem estava lotado de brasileiros empolgadíssimos que não paravam de tagarelar. Lição Aprendida: Gastar um pouco mais e ter conforto!

Chegando na estação de Águas Calientes, começamos a procurar uma plaquinha com os nossos nomes (lembram que fechamos tudo com a Milla Turismo?!) e enquanto isso, todos os peruanos vinham nos bombardear oferecendo pousadas, hotéis e passeios. Pense em uma quantidade exagerada de peruados te oferecendo coisas e você cansado, doido por uma cama quentinha e um bom banho. Pois é, até que desistimos de esperar alguém e fomos tentando descobrir onde era nosso hotel. Ainda bem que desistimos de esperar, pois o nosso guia estava nos esperando no hotel ao invés da estação de trem.

 


Durante a peregrinação para achar o hotel, que não fazíamos a menor ideia de como era, já que a Milla Turismo fez tudo, percebemos que a cidade é bem bonitinha, cheia de restaurantes lotados e muitas lojinhas, mas como estávamos exaustos deixamos para explorar o vilarejo no dia seguinte.


Até porque ainda precisávamos achar o hotel, que para nossa decepção era um prédio velho, horroroso, mas parecendo um prédio abandonado. Preciso dizer o quanto estávamos felizes, né? Mas devido ao horário não tinha mais o que fazer, então relaxamos e dormimos. E sabe o que foi mais estranho? Foi a melhor noite de sono da viagem, como o hotel estava a beira do rio Urubamba, o barulho da correnteza nos embalou em sono profundo e no final estávamos achando até o quarto acolhedor.

Depois de tanto stress não anotei o nome do hotel e nem tirei nenhuma foto. Uma pena, pois a recordação ficará na lembrança e uma coisa temos certeza… Fariamos tudo diferente em uma outra oportunidade de visitar o Peru! (Risos)

TAGS
RELATED POSTS

DEIXAR COMENTÁRIO